Tiroteio em escola do Missouri termina com três mortos, incluindo o atirador

Um atirador invadiu uma escola secundária em St. Louis, no Missouri, na manhã desta segunda-feira (24), matando uma mulher e uma adolescente e ferindo outras seis antes de a polícia matá-lo durate uma troca de tiros.
O tiroteio aconteceu logo após as 9 da manhã na Central Visual and Performing Arts High School e forçou os alunos a barricar as portas e se amontoar nos cantos das salas de aula, pular as janelas e correr para fora do prédio em busca de segurança. Uma garota aterrorizada disse que ficou cara a cara com o atirador, mas a arma dele travou e ela conseguiu sair correndo.
Falando em uma entrevista coletiva, o comissário de polícia Michael Sack disse que o atirador tinha cerca de 20 anos, mas não divulgou o nome dele ou os das vítimas. Ele se recusou a dizer se a mulher morta era uma professora.
O superintendente das escolas de St. Louis, Kelvin Adams, disse que sete guardas de segurança estavam na escola no momento, cada um em um ponto de entrada do prédio trancado. Um dos guardas percebeu que o homem estava tentando entrar por uma porta trancada, mas não conseguiu. O guarda notificou os funcionários da escola e garantiu que a polícia fosse contatada.
“Foi a resposta oportuna desse oficial de segurança, o fato de a porta trancada ter atrasado a entrada do suspeito que nos deu algum tempo de chegar”, disse Sack.
Ele não disse como o homem acabou entrando, armado com o que ele descreveu como uma arma longa.
Os policiais trabalharam para tirar os alunos do prédio de três andares, depois “correram para onde acontecia o tiroteio, localizaram o atirador e envolveram o atirador em uma troca de tiros”, matando-o.
Algumas das seis pessoas hospitalizadas sofreram ferimentos a bala, enquanto outras foram atingidas por estilhaços.

Compartilhar:

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem