Tempestade severas castigam os EUA

Entre domingo (14/04) e segunda-feira (15/04), um sistema de tempestades severas varreram os estados do centro-sul até a costa leste norte americana. O sistema trouxe uma mistura catastrófica de chuvas intensas, ventos forte, granizo, inundações, neve e tornados!

As adversidades climáticas persistem nos Estados Unidos. Nesse final de semana, tempestades intensas atingiram diversos estados do centro-sul a costa leste americana. Esse sistema de tempestades esteve associado a frente fria associada a um ciclone formado sobre o continente entre sábado (13/04) e domingo (14/04), diferente do ciclone bomba ocorrido na semana passada. O sistema de tempestades trouxe uma mistura mortífera e catastrófica de ventos fortes, chuvas intensas, inundações, neve e tornados!

Até o momento, foram contabilizadas 8 mortes entre domingo e segunda, quatro no Texas, duas em Luisiana, uma no Alabama e uma no Mississipi. Além disso, cerca de 224 mil pessoas ficaram sem luz entre domingo e segunda (15/04), e 2300 voos foram cancelados no país, mais de 90% deles em aeroportos de Chicago, Houston, Charlotte, Pittsburgh, Columbus e alguns na costa leste.

A animação das imagens dos satélites da NOAA mostra a evolução desse sistema e a organização da frente de tempestades que varreu os estados do sul, do Texas a Geórgia no domingo e, posteriormente, chegando até a Pensilvânia e Nova York na segunda-feira (15/04). Essa frente de tempestades gerou dezenas de tornados, de categorias baixas (EF-1) a categorias EF-3, como o registrado no condado de Robertson, Texas. Com ventos de mais de 225 km/h, esse tornado destruiu 55 casas, uma igreja, 4 empresas e arremessou carros a centenas de metros.

As tempestades vieram acompanhadas por granizo em diversas localidades. Em algumas cidades, como em San Antônio, no Texas, granizos de até 8 cm de diâmetro, ou seja, um pouco maior de uma bola de beisebol, foram registrados.

Além de tudo, esse sistema ainda trouxe grandes acumulados de neve em alguns estados, em plena primavera do hemisfério norte! Illinois, Missouri, Indiana, Iowa e Michigan foram os estados que registraram uma queda de neve significativa. O Aeroporto O’Hare de Chicago foi coberto por uma camada de 13,5 cm de neve no domingo. Lugares no leste de Iowa, noroeste e centro-oeste de Illinois, nordeste do Missouri e na fronteira com Wisconsin registraram acumulados de neve entre 10 e 20 cm. Muskegon, em Michigan, recebeu 17 cm de neve no domingo, quebrando o recorde diário de 5 cm em 1905.

Mais condições de tempo severo previstas

As previsões indicam que uma nova rodada de tempestades deve começar ainda nessa semana. As mesmas regiões que sofreram no centro-sul e leste dos EUA deverão enfrentar novamente o tempo severo a partir do meio da semana.

De acordo com o AccuWeather, outro sistema de baixa pressão associado a uma frente de tempestades severas se formará na região das grandes planícies durante a quarta-feira (17/04), e seguirá para leste, atingindo a costa na sexta-feira (19/04). Há um grande potencial para ocorrência de ventos fortes, grandes granizos, inundações e tornados, em estados como Texas, Oklahoma, Arkansas, Luisiana e Missouri.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem