Suspeito de ser um serial killer de moradores de rua é preso

Um suspeito foi preso nesta terça-feira (15) em Washington DC sob suspeita de ter conexão com crimes cometidos contra moradores de rua em duas cidades dos Estados Unidos, a própria Washington DC e Nova York.
Policiais estavam procurando um atirador solitário. Evidências de análises forenses ligam a mesma pessoa a disparos feitos contra cinco moradores de rua nas duas cidades.
Os ataques começaram no dia 3 de março. A polícia metropolitana de Washington foi alertada que houve disparos às 4h da madrugada, e que a vítima havia sido levada a um hospital.
No dia 8 de março, a polícia descobriu outro morador de rua que havia sido vítima de disparos por arma. Ele também foi levado a um hospital.
No dia seguinte, a polícia viu uma barraca em chamas e encontrou um homem morto dentro. Depois de uma análise, determinou-se que ele havia sido vítima de disparos de uma arma de fogo e um ataque com um objeto perfurante, como uma faca.
Três dias depois, um homem de 38 anos foi baleado no braço na cidade de Nova York.
Pouco tempo depois, perto do local onde esse homem foi baleado, a polícia encontrou um outro, morto, que havia sido baleado na cabeça e no pescoço. Ele estava dentro de um sleeping bag.

Compartilhar:

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem