Projeto quer reduzir poluição da água na fronteira dos EUA

Um projeto de lei que visa abordar a poluição ao longo da fronteira dos Estados Unidos com o México e melhorar a qualidade da água nos rios Tijuana e New foi apresentado na quarta-feira, dia 03.

A Lei de Restauração e Proteção da Qualidade da Água na Fronteira designaria a Agência de Proteção Ambiental para liderar as agências federais, estaduais e locais para construir e manter projetos de infraestrutura destinados a reduzir a poluição ao longo da fronteira.

Também exigiria que a EPA e outras agências identificassem uma lista de projetos prioritários, bem como ter autorização para aceitar e distribuir fundos federais, estaduais e locais para construir, operar e manter esses projetos.

Além disso, a Comissão Internacional de Fronteiras e Água seria obrigada a participar da construção dos projetos identificados nos planos abrangentes dos rios Tijuana e New. O Programa de Infraestrutura de Água de Fronteira também seria codificado para gerenciar o escoamento de águas pluviais e projetos de reúso de água.

A legislação foi apresentada pelos senadotes da California Dianne Feinstein e Alex Padilla. “Esgoto e lixo tóxico fluíram do México para os Estados Unidos durante anos porque as agências federais não se prepararam para lidar com o problema”, disse Feinstein. “O povo do sul da Califórnia foi forçado a sofrer enquanto diferentes agências federais continuam jogando o problema uma para a outra. Este projeto de lei vai acabar com a confusão, colocando a EPA encarregada de coordenar os esforços e resolver o problema”.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem