Polícia prende dois suspeitos de brutal esfaqueamento em NY

Dois membros da gangue MS-13 são acusados de esfaquear um adolescente em Queens, Nova York. A agressão foi tão brutal que a vítima sofreu danos extensos nos nervos, segundo os promotores.

Dani Cruz, 25, e Maxwell Martinez, 24 anos, foram presos em suas casas na manhã de segunda-feira, dia 16, dois dias depois de a polícia ter divulgado suas fotos.

Cruz e Martinez derrubaram a vítima de 17 anos de sua bicicleta, na Sutphin Blvd com a 94th Avenue, perto das pistas LIRR na Jamaica, às 10:30 pm, no dia 31 de agosto.

Eles o socaram, chutaram e esfaquearam várias vezes nas costas, peito e braço. O adolescente precisou de cirurgia e sofreu danos nos nervos do braço.

Mais tarde, naquela noite, a polícia localizou os dois suspeitos em uma loja de vinho a alguns quarteirões da cena do esfaqueamento. Suas roupas estavam cobertas de sangue fresco.

Policiais prenderam a dupla, a princípio por invasão, e levaram suas roupas e sapatos para testes. Os suspeitos foram libertados das acusações de invasão de propriedade.

Após a liberação, o teste de DNA acabou combinando com o sangue do adolescente esfaqueado.

Não está claro por que demorou até segunda-feira para a polícia prender, novamente, os suspeitos. As autoridades também não disseram por que a vítima foi atacada.

Cruz e Martinez foram processados no Tribunal Criminal do Queens na segunda-feira e determinada uma fiança de US $ 75.000 como deposito ou US $ 50.000 em dinheiro.

Desde 2010, os promotores federais do Brooklyn acusam os membros do MS-13 de realizar mais de 45 assassinatos na área de NY.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password