Polícia de Myrtle Beach acusa idoso de porte ilegal de arma, maconha e mentir em relatório

Um homem que alegou ter sido vítima de um tiroteio está agora na prisão. A polícia de Myrtle Beach (Carolina do Sul) prendeu e acusou Damon Middleton, de Greenwood, que tem 61 anos de idade, de apresentar um relatório policial falso, porte ilegal de arma e porte de maconha.

As acusações foram resultado de uma investigação iniciada depois que ele apareceu no Grand Strand Regional Medical Center com um ferimento a bala na mão.

A polícia disse que o homem levou os policiais a acreditarem que ele havia levado um tiro.

Mas após uma investigação, a polícia determinou que foi um ferimento autoinfligido.

Os policiais também prenderam e acusaram de obstrução da justiça, uma mulher identificada por Yolanda Middleton, de 56 anos.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem