Mulher de Maryland sobrevive após levar 23 facadas; marido se declara culpado

Um ex-agente penitenciário em Maryland se declarou culpado de tentativa de homicídio em um ataque brutal contra sua esposa.

O gabinete do promotor público descreveu o crime, nesta segunda-feira (15), ao anunciar a alegação de Armando Quispe Rodriguez, de 46 anos.

Os promotores informaram que Keyia Rodriguez estava dormindo quando o marido começou a bater e esfaqueá-la. Ela tentou escapar, mas ele a algemou a uma grade no porão e prendeu seus tornozelos.

Então continuou apunhalando-a, num total de 23 vezes, e colocou uma bolsa em sua cabeça e um cinto em volta do pescoço, numa tentativa de sufocá-la.

Ela não morreu, no entanto, e Armando Rodriguez acabou ligando para o 911 em sua casa em Bryans Road, chamando o caso de “situação doméstica”.

Ele pode ser condenado a prisão perpétua e a na sentença sairá em agosto.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem