Morador de rua é acusado de crime de ódio na Flórida

Um sem-teto de 45 anos foi acusado de deixar uma série de mensagens cheias de ódio contra judeus na cidade de Miami Beach, na Flórida. “Desde o final de janeiro, as áreas de Mid Beach e North Beach tivemos uma série de incidentes envolvendo desenhos de suásticas em locais públicos”, explicou Ernesto Rodriguez, do Departamento de Polícia de Miami Beach, ao anunciar a prisão na noite de quarta-feira (20). “Em três dos casos, a palavra ‘morte’ também foi escrita e, em outro, as palavras ‘matar os judeus'”.

Sean Kenna foi acusado de sete crimes, seis dos quais estão associados a uma mensagem ou símbolo de ódio. A polícia de Miami Beach disse que alguns moradores ficaram assustados com as mensagens.

Rodriguez disse que Kenna foi preso depois de várias semanas de intensas patrulhas e esforços especiais de vigilância por policiais nas áreas em que os desenhos apareciam. “Hoje os membros da nossa Unidade de Inteligência capturaram o suspeito”, disse Rodriguez.

Segundo documentos de detenção, Kenna supostamente admitiu deixar as mensagens. Documentos judiciais disseram que ele tinha como alvo pelo menos uma caixa de correio do Serviço Postal dos EUA e uma placa de pedestres, o portão da frente de uma casa.

As mensagens foram descobertas em uma área predominantemente judaica de Miami Beach, de acordo com documentos judiciais.

Compartilhar:

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem