Mexicano que matou cachorro esfaqueado pode estar nos EUA

Uma semana depois da morte de um cachorro ser relatada por um residente da colônia Suterm, a procuradoria-Geral do México avançou bastante no caso. As redes sociais foram invadidas pela revolta dos internautas e alguns até pediam a morte de Gerardo Herrera, homem que aparece no vídeo esfaqueando o animal sem motivos.

Ele fugiu do país e segundo os investigadores poderia estar em qualquer cidade nos Estados Unidos, pois tem um Visto de Turismo válido. As autoridades mexicanas entraram em contato com o Consulado estadunidense em busca de mais informações.

Os investigadores também foram ao trabalho de Herrera para saber quanto tempo ele pediu para se ausentar do serviço.

A pessoa que gravou o vídeo também foi identificada e está cooperando com as investigações.

Compartilhar:

1 Comentário

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem