Idoso morre após ‘brincadeira sexual’ com amante de 82 anos

O idoso Alan Bischof, de 82 anos, foi preso por homicídio culposo depois de uma “brincadeira sexual” terminar com a morte de seu amante, o também idoso, Craig Lamell, de 65 anos. O caso aconteceu na cidade de Houston, no Texas.
Segundo o portal NY Post, Alan era casado com uma mulher há 35 anos, mas mantinha um relacionamento extraconjugal com Craig, há pelo menos cinco meses.

No entanto, há aproximadamente um mês, os dois decidiram fazer um jogo sexual violento. O caso veio à tona no final de abril, quando o ex-chefe de Alan encontrou arquivos no computador do idoso com relatos sobre o seu relacionamento com Craig.

Alan contava que Craig tinha fetiches e pedia para ser agredido. Em um dos encontros, ele chegou a fotografar o parceiro ensanguentado no chão, após uma sessão de agressões.

Após isso, Craig foi internado em um hospital e, mesmo assim, manteve a razão dos ferimentos em segredo. Aos policiais, ele alegou que teria apanhado do marido de uma mulher com a qual estava se envolvendo.

Craig recebeu alta, mas acabou voltando para o hospital com uma hemorragia cerebral. Após uma semana, ele faleceu. A morte foi classificada como homicídio provocado por trauma na cabeça.

A defesa de Alan alega que a agressão, que culminou na morte do idoso, foi consensual. O homem de 82 anos foi solto após pagar uma fiança de US$ 50 mil, algo em torno de R$ 280 mil.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem