Gerente de resort de Myrtle Beach fraudou quase US$ 1 milhão em reembolsos

O gerente de um resort de Myrtle Beach (Carolina do Sul) foi indiciado por fraudar a empresa em quase US$ 1 milhão.
O acusado é Troy Benjamin Bittner, 53, e era gerente do Carolina Pines RV Resort. Ele usou seu acesso ao sistema de reservas de cartão de crédito da empresa para cometer fraude eletrônica, de acordo com a acusação.
Autoridades disseram que a Bittner usava o sistema de pagamento eletrônico para iniciar um reembolso como se os hóspedes tivessem cancelado suas reservas. A acusação disse que durante a pandemia de coronavírus não era incomum que os hóspedes cancelassem reservas.
No entanto, um comunicado disse que, em vez de direcionar os reembolsos para os cartões de crédito registrados, Bittner emitia os reembolsos para seus próprios cartões de crédito pessoais. Durante os 26 meses do suposto esquema, ele recebeu mais de US$ 800.000 em reembolsos fraudulentos às custas de Carolina Pines.
Bittner enfrenta uma pena máxima de 20 anos de prisão federal, além de confisco e restituição.
O caso está sendo investigado pelo Serviço Secreto dos EUA, pelo Federal Bureau of Investigation (FBI) e pelo Serviço de Inspeção Postal dos EUA. O procurador assistente dos EUA, Derek A. Shoemake, está processando o caso.
O procurador dos EUA Adair F. Boroughs afirmou que são apenas acusações e que os réus são presumidos inocentes, a menos e até que se prove a culpa.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem