Entregador admite que matou mulher com marretada e queimou o corpo dela na Flórida

Um entregador da Flórida é acusado de bater na cabeça de uma mulher idosa com uma marreta e atear fogo nela depois de instalar sua nova lavadora e secadora.

Jorge Dupre Lachazo, 21 anos, foi contratado pela Best Buy para entregar os eletrodomésticos à casa da vítima, de 75 anos, na cidade de Boca Raton.

Uma vez que os eletrodomésticos foram instalados, Lachazo admitiu que bateu na cabeça da mulher com a marreta e a derrubou antes de pegar um líquido químico na garagem”, afirma o relatório policial. “Ele então balançou o frasco e o produto químico entrou em combustão espontânea”.

Um motorista de caminhão que ajudou com a entrega disse que “ouviu vários gritos de dentro da residência” e ao entrar na casa encontrou a vítima ao chão, com ferimentos na cabeça e queimaduras graves em todo o corpo.

A mulher sucumbiu aos ferimentos na terça-feira, segundo a polícia. Lachazo teria dito à polícia que ele havia usado recentemente cocaína e fumado maconha, mas não explicou o motivo para a violência. Ele agora está enfrentando acusações de agressão com arma perigosa, lesão corporal, atear fogo em uma pessoa em primeiro grau e assassinato.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem