Crianças de 2 anos são atacadas por coiote em incidentes separados em Massachusetts

No domingo, 5 de setembro, aproximadamente às 17h40, a polícia de Arlington respondeu a uma ocorrência na Epping Street sobre uma denúncia de uma criança mordida por um coiote. A menina de 2 anos de idade estava em seu quintal quando foi surpreendida, mordida nas costas e arrastada pelo animal.

Mais tarde, por volta das 17h50, a polícia foi chamada à Summer Hill Circle onde outra criança também foi atacada por um coiote. A menina de 2 anos estava em seu quintal quando o coiote se aproximou e a atacou.

Ambas as crianças foram levadas a um hospital para avaliação. Elas sofreram ferimentos considerados não fatais.

As autoridades acreditam que o mesmo coiote esteve envolvido em ambos os incidentes. Os policiais vasculharam a área em um esforço para localizar o animal e continuam a trabalhar para evitar que ele ataque de novo. Os incidentes continuam sob investigação do Departamento de Polícia de Arlington, Serviços Humanos e de Saúde e Polícia Ambiental de Massachusetts.

 

Algumas dicas foram compartilhadas pelo Departamento de Saúde Pública de Massachusetts (DPH) e da Divisão de Pesca e Vida Selvagem para evitar futuros ataques de coiotes:

  • Nunca forneça comida para coiotes nem faça nada para atraí-los. Os coiotes dependem de comida natural e normalmente permanecem selvagens e desconfiados dos humanos.
  • Impedir que os coiotes tenham acesso a fontes de alimentos
  • Alimentos, incluindo lanches, rações para animais de estimação, alpiste e lixo relacionado com alimentos, podem atrair coiotes e outros animais selvagens. Deixados do lado de fora, esses alimentos incentivam os animais selvagens a visitar áreas residenciais.
  • Alimente animais de estimação apenas dentro de casa e mantenha as áreas de lixo limpas, bem como mantenha os recipientes de lixo cobertos.
  • Passe algum tempo ao ar livre. Os coiotes geralmente tentam evitar os humanos, e seu medo natural é reforçado quando as áreas de lazer, quintais e trilhas são ativamente usadas ​​pelas pessoas. A presença regular de pessoas geralmente impede a visita dos coiotes.
  • Proteja os animais de estimação dos coiotes.

 

Se você encontrar um coiote, o Projeto Coyote recomenda tomar medidas para assustá-lo:

  • Mantenha-se firme: Faça contato visual e avance em direção ao coiote enquanto trota ativamente até que ele recue. Deixe espaço para que ele recue.
  • Certifique-se de que o coiote esteja focado em você como uma fonte de perigo. Não suba em algo, como um carro, onde ele não poderá ver você claramente.
  • Continue seus esforços de trotar para espantá-lo, mesmo se houver mais de um coiote presente.
  • Use várias ferramentas, como som alto, luz e movimento exagerado.
  • O trote deve ser exagerado, assertivo e consistente.
  • Os coiotes têm hábitos rotineiros, portanto, anote quando e onde os encontrar. Peça a seus vizinhos para ajudar a assustá-los.
  • Se um coiote parecer doente ou ferido, não tente judiar dele.

Para mais informações, ligue no telefone 781-643-1212.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem