Arábia Saudita ameaça retaliar sanções por desaparecimento de Khashoggi

A Arábia Saudita rebateu ameaças de punição relativas ao desaparecimento do jornalista Jamal Khashoggi em Istambul, dizendo que o reino retaliará qualquer sanção com medidas duras, disse a agência de notícias estatal neste domingo.

Os comentários vieram após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter ameaçado Riad com “punições severas” se for descoberto que Khashoggi, um proeminente crítico das autoridades sauditas e imigrante legalizado nos Estados Unidos, foi morto no consulado saudita em Istambul.

“O reino rejeita totalmente quaisquer ameaças e tentativas de miná-lo, pela imposição de sanções econômicas, uso de pressões políticas ou repetição de falsas acusações”, teria dito uma fonte anônima do governo, segundo a Agência de Notícias Saudita oficial.

“O reino também afirma que, se sofrer qualquer medida, responderá com uma ação ainda maior e que sua economia tem um papel vital e influente na economia global…”, acrescentou a fonte, sem dar detalhes.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password