Adolescente revela como matou os avós em Wisconsin

Um jovem de 17 anos escreveu páginas sobre como planejava matar seus avós e a polícia encontrou as anotações em um livro na mochila do adolescente depois que ele ligou para o 911 e confessou os assassinatos, disseram promotores em Wisconsin na terça-feira, dia 16.

Alexander M. Kraus foi acusado, em Outagamie County Circuit Court, em Appleton, Wisconsin, por duas acusações de homicídio doloso em primeiro grau nas mortes de Dennis Kraus, de 74 anos, e Letha Kraus, de 73 anos. Cada acusação pode terminar em sentença de prisão perpétua.

O Comissário da Corte do Condado de Outagamie, Brian Figy, ordenou que Kraus recebesse uma fiança de US $ 2 milhões. Greg Petit, advogado do acusado, se recusou a comentar o assunto, dizendo que “ainda não sabe o suficiente” sobre o caso.

A polícia encontrou os corpos do casal no domingo, dia 14, em sua casa, em Grand Chute, uma pequena cidade a cerca de 180 quilômetros a noroeste de Milwaukee, depois que um homem chamou a polícia e disse que ele precisava ser preso pelas mortes, de acordo com uma queixa criminal.

Uma autópsia descobriu que Dennis Kraus foi baleado uma vez na cabeça e Letha Kraus sofreu dois ferimentos de bala na cabeça e um no antebraço direito.

Havia “várias páginas” em uma pasta vermelha descrevendo como Kraus mataria seus avós, disseram os investigadores na denúncia. A acusação menciona um livro encontrado na mochila de camuflagem de Kraus, mas não forneceu detalhes.

A polícia disse que Kraus também disse aos investigadores que planejava causar danos, não especificados, na Escola Neenah, onde ele era um júnior. Nenhum detalhe dessa trama foi revelado e não foi mencionado na acusação divulgada na terça-feira. O distrito escolar disse que a polícia determinou que não há perigo para estudantes ou professores.

Kraus disse aos detetives que ele atirou na cabeça do avô primeiro e depois “tentou atirar na cabeça da avó”. A polícia disse que o corpo de Letha Kraus foi encontrado deitado em cima do corpo de Dennis Kraus na cozinha da casa.

Os policiais encontraram uma espingarda com uma faca grudada no final do cano e uma bainha de faca na cama em um quarto no térreo. Uma busca em um quarto no andar de cima revelou uma espingarda na cama com dois cartuchos e munição, uma “grande quantidade de munição”, no chão, e várias armas em um armário de armas.

Kraus disse à polícia que ficou na casa de seus avós na noite anterior ao assassinato.

Wisconsin é um dos seis estados norte-americanos que tratam jovens de 17 anos como adultos no sistema de justiça criminal.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem