6 cidades dos EUA famosas pela gastronomia incrível e barata

Um dos pontos altos de uma viagem para quem ama comer é explorar e provar a culinária local e seus mais variados ingredientes. Mas nem sempre há dinheiro o bastante para frequentar restaurantes aclamados pelas críticas ― ainda mais se a viagem for para os Estados Unidos e o dólar estiver batendo os R$ 4.

Mas a boa notícia vai para quem está planejando uma viagem justamente para lá: o site de viagens Loney Planet listou algumas cidades turísticas que são conhecidas pela gastronomia boa e barata. Ou seja, você vai comer muito bem e não vai deixar todos os dólares da viagem no estabelecimento.

“As cidades americanas listadas têm o melhor dos 2 mundos: elas oferecem uma gastronomia incrível e, ao mesmo tempo, acessível, com pratos que contam a história da região, e ingredientes locais únicos”, informou o site. Veja abaixo os melhores roteiros gastronômicos — baratos — nos EUA:

Houston, no Texas: Esta é uma das 4 maiores cidades dos Estados Unidos, com uma enorme diversidade cultural ― e é claro que isso impactaria a rica culinária local. Além das tradicionais comidas Tex-Mex, Houston também absorveu influências de Nova Orleans e do Caribe, além da cozinha indiana, coreana, nigeriana, entre outras. E isso inclui “fusões” entre elas. O restaurant Oh My Gogi!, por exemplo, oferece pratos que misturam comida coreana com mexicana. Já o Crawfish & Noodles traz um “fusion” de sabores da culinária Cajun e de temperos vietnamitas.

Tucson, Arizona: A cidade pode não ser uma das mais populosas, mas está no circuito gastronômico dos EUA. Tucson foi a primeira cidade do país a ser nomeada como “Capital Gastronômica” pela Unesco, que destacou sua distinta cozinha e herança de uma agricultura histórica de mais de 300 anos. Nos tempos modernos, Tucson foi aclamada pela invenção do chimichanga, um delicioso “acidente gastronômico” que deu certo após o restaurante El Charro Café colocar um burrito em uma fritadeira. Outro prato que é a cara da cidade é o famoso cachorro-quente Sonoran, que é feito com bacon.

Albuquerque, Novo México: De acordo com o Lonely Planet, a cidade tem duas coisas que a tornam única para quem busca experimentar a culinária americana: clássicas cadeias de restaurantes americanos e restaurantes especializados na comida do Novo México, ou seja, comidas bem apimentadas que levam pimentas vermelhas ou verdes cultivadas na região e valorizadas como em nenhum outro lugar. E o melhor: tudo isso a um preço bem em conta.

Cincinnati, Ohio: Explorar a gastronomia super-acessível de Cincinnati é uma experiência única. Um dos destaques é o bairro Over The Rhine, de herança alemã. Por lá, não há escassez de boas opções de pratos com influência alemã. A especialidade local é a Goetta, salsicha de carne e grãos. Ela não ganha nenhum concurso de beleza, mas tem uma legião de admiradores ― e conta até com um festival anual da Goetta, todo verão.

Los Angeles, Califórnia: Para uma cidade tão chamativa e turística, Los Angeles também tem uma culinária acessível. Taquerias e restaurantes mexicanos locais são sempre uma boa aposta para uma ótima refeição dentro do orçamento. LA também tem uma história de amor com a culinária japonesa, o que deve ser explorado com afinco por amantes de um bom sushi e sashimi. Opções, certamente, não faltam por toda a cidade.

Orlando, Florida: Em 2017, mais de 72 milhões de turistas visitaram Orlando, e sabemos que não foram os restaurantes as principais atrações da cidade. Por ser um pólo turístico enorme, Orlando pode não ser uma das cidades mais baratas para comer, mas esconde algumas joias preciosas de suas influências gastronômicas. Por causa dos milhares de refugiados da Guerra do Vietnã, nos anos 70, por exemplo, algumas regiões como o Mills 50 District oferecem diversos restaurantes vietnamitas incríveis ― e com preços amigáveis.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem