Imigrante mente que é cidadão dos EUA para se casar com norte-americana

Um casal da Virgínia disse que sua filha foi levada a se casar com um imigrante indocumentado do México acusado de assassinato.

Shelby e Lindsay McDannold disseram à Fox News que sua filha, de 20 anos, conheceu Franklin Vazquez, 27, em maio de 2017 através de amigos em comum e que eles se casaram em junho de 2017.

Ospais dissera, que estavam preocupados com o fato da filha ter se casado tão rapidamente. “Eu perguntei a ela: ‘Esse cara é legal?'”, disse ele. Mas a filha respondeu que Vazquez era cidadão dos EUA.

Mais tarde, porém, o casal descobriu que seu novo genro era um imigrante indocumentado e que usara um número de Social Security expirado para obter a licença de casamento. Eles não estavam totalmente cientes de sua situação até que leram relatórios no mês passado, após Vazquez ser acusado de assassinato.

Eles disseram que a filha não sabia que o rapaz estava no país ilegalmente até que ela se casou com ele.

Os pais afirmam que Vazquez, muitas vezes, fez ameaças contra a jovem e seus pais e que ele era viciado em opiáceos e heroína. Shelby McDannold disse que sua filha se separou de Vázquez em março deste ano depois que ele foi preso por acusações de rapto e intimidação.

O Boston Globe citou um relatório de incidente da polícia de Newport em que Vazquez supostamente sequestrou e agrediu a esposa.

Ele também foi preso em novembro de 2015 por acusações de delitos múltiplos de drogas.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem