Restituição da TelexFree talvez saia só em 2019

As restituições do TelexFree talvez comecem a ser feitas no final deste ano ou no ano que vem e os cheques serão enviados para o endereço declarado no formulário de queixa. Não há valor estipulado mas as restituições às vítimas serão calculadas com base em um percentual. As declarações são do advogado Stephen Darr, principal advogado no processo de falência da pirâmide TelexFree.

A reunião comunitária com advogados que gerenciam o processo contou ainda com a presença da advogada de direitos dos consumidores Nadine Cohen, do GBLS. Nadine é advogada do Grupo Mulher Brasileira e da Colaborativa Chelsea neste processo.

Stephen Darr explicou também que 130 mil formulários de queixa foram submetidos no período de maio de 2016 a março de 2017. Desses, 112 mil estão aprovados e outros 19 mil estão sob investigação porque os dados apresentados não conferem com os dados da TelexFree.

O advogado também esclareceu que seu escritório está investigando 95 mil pessoas que ganharam dinheiro com a TelexFree. No total, existem $167 milhões que serão gerenciados pela equipe de Darr mas ele não tem ideia de quanto dinheiro terá para distribuir com as vítimas e qual será o percentual da devolução.

Haverá uma segunda reunião nesta sexta, dia 9 de fevereiro às 17:30 horas, na High School de Chelsea (299 Everett Ave, Chelsea, MA 02150). Esta reunião será uma repetição da primeira e uma oportunidade para quem não compareceu na terça-feira.  Mais informação, ligue para o Grupo Mulher Brasileira, 617-202-5775

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password