Malandragem USA pede audiência de fiança

Danilo Portugal Ramscheid, o youtuber brasileiros conhecido por (Malandragem USA) é acusado de pedofilia e luta para permanecer nos Estados Unidos. Ele, que foi preso no início de fevereiro, solicitou uma nova audiência de fiança para o seu caso.

Conforme os dados divulgados pela mídia norte-americana, a advogada do brasileiro, Cheryl C. McGillivray, solicitou uma fiança para que seu cliente pudesse responder em liberdade. O juiz concedeu uma audiência de fiança, agendada para 12 de março.

Ele está detido no Centro de Detenção do Condado de Plymouth, sob a custódia do Departamento de Imigração e Alfândega (ICE), onde ficará até a sua próxima audiência no Tribunal Superior de Middlesex.

Danilo foi preso pela Polícia de Winchester (Massachusetts) sob a acusação de pornografia infantil e de ter exibido uma criança em um ato sexual. “Após a conclusão do julgamento das acusações contra ele, o ICE iniciará o processo de deportação contra o acusado”, escreveu Mohan em um e-mail para o jornal Winchester Star.

Enquanto isso, a Polícia de Winchester continua a investigar os incidentes registrados no 276 High Street, onde Danilo vivia com seu irmão e supostamente outros homens, desde agosto de 2018, de acordo com as autoridades locais.

Conforme os documentos judiciais, a Homeland Security estava ciente de que Danilo praticava atividades ilegais, mas “não puderam acusá-lo criminalmente”.

Danilo administrava um canal no You Tube, chamado de Dan USA Malandragem, onde divulgava uma ampla gama de tópicos relacionados à imigração. De acordo com as autoridades, ele orienta seus seguidores a mentirem para a polícia.

Seu canal tinha cerca de 150.000 assinantes, mas desde que a notícia da prisão foi publicada, a conta perdeu cerca de 10.000. Muitos dos vídeos também foram excluídos nas últimas semanas.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem