Jones Sathler não explica vídeo onde diz que casou para se legalizar e atacar jornais e youtubers

Depois que o jornal Negócio Fechado e o Brazilian Times tornaram pública a história envolvendo o youtuber Jones Sathler e o Special Police, Marcos Bonfim, a polêmica continua cada vez maior. Jones gravou um vídeo depois dizendo estar revoltado com a acusação feita de que ele teria se casado para se legalizar.

Os jornais não fizeram nenhuma acusação, apenas republicou o que Marcos Bonfim disse com base em um vídeo gravado por Jones, onde ele próprio diz “é lógico que eu casei para me legalizar”. Neste segundo vídeo onde ele tentou atacar os veículos que relataram a história ele tentou explicar que o casamento foi verdadeiro, mas deixou de lado a explicação sobre porque gravou o primeiro vídeo afirmando, nas entrelinhas, que houve interesse sim.

Nos 15 minutos de vídeo, ele preferiu usar uma qualidade comum nele, que é atacar as pessoas, xingar e ameaçar. Inclusive ele fez ameaças de que se encontrar Bonfim no Brasil, daria um pau nele. Além disso, xingou os veículos de comunicação e desafiou internautas a ficar frente a frente com ele. Sempre em tom ameaçador, ele dizia “quero ver se tem homem para ficar frente a frente comigo”. Jones pecou, sim, quando disse que “casou para se legalizar”. Casamento por interesse é crime federal nos EUA.

Tudo bem que ele tenha casado e está até hoje com sua esposa e se amam. Mas ele como pessoa pública deveria explicar porque gravou o vídeo. Mas ele preferiu usar a qualidade que o fez crescer nas redes sociais, que é ofender as pessoas.

Ele ainda

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem