Desde 15 de Março, EUA já enviou seis voos para o Brasil com brasileiros deportados

Pelo menos quatro imigrantes do Caribe que foram deportados pelo governo dos Estados Unidos testaram positivo para o coronavírus. De acordo com as informações, o governo jamaicano confirmou que uma das 46 pessoas que chegaram ao país em um voo fretado há uma semana estavam com Covid-19, nesta quarta-feira, dia 29.

A Jamaica, que fechou parcialmente suas fronteiras no mês passado devido à pandemia de coronavírus, é o último país da região depois da Guatemala, México e Haiti a receber imigrantes infectados por coronavírus deportados dos EUA.

A notícia chega depois que três deportados que chegaram ao Haiti há duas semanas deram positivo para o vírus. O Haiti tem 76 casos confirmados do vírus e 6 mortes.

Desde 15 de Março, dois dias após o presidente Trump declarar uma emergência nacional devido à pandemia, até 24 de Abril. Neste período, o ICE realizou 21 voos de deportação para a Guatemala, 18 para Honduras, 12 para El Salvador, seis para o Brasil, três para Nicarágua, Equador, Haiti e República Dominicana e um na Colômbia e um para a Jamaica.

Nova análise do Centro de Pesquisa Econômica e Política (CEPR) mostra que o ICE fretou pelo menos 232 voos de deportação para países da América Latina e do Caribe desde 3 de Fevereiro de 2020.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem