Brasileiro morre em hospital de Framingham

Há quase 30 anos, o valadarense Edson Silva, de 56 anos, residia nos Estados Unidos e durante muitos anos trabalhou na área de limpeza de casas e parte do dia trabalhava em um restaurante. Há 14 anos foi diagnosticado com Leucemia, um câncer que ocorre na formação das células sanguíneas, dificultando a capacidade do organismo de combater infecções.

De acordo com os familiares, nos últimos três anos, começou a ter problemas constantes de saúde, úlcera, deslocamento dos pulmões e se alimentava através de sonda. Devido a isso, ele começou a reduzir suas horas de trabalho.

Há 30 dias, Edson foi internado no hospital de Framingham e na última semana foi entubado.

Infelizmente ele não conseguiu vencer a doença e, no dia 30 de novembro, os médicos decretaram falência múltipla dos órgãos. Os aparelhos foram desligados e o mineiro morreu pouco depois da meia noite.

O valadarense deixa um filho de 34 anos, que mora no Brasil, e uma filha de 26 que está nos EUA.

De acordo com as informações divulgadas nas redes sociais, a família decidiu realizar o velório e o sepultamento nos EUA. A mãe dele, que tem 78 anos e idade, mora neste país.

A sobrinha dele, Samantha Canever, que resode em Natick (MA), iniciou uma campanha para arrecadar a quantia de US $12 mil, dinheiro que será usado para custear as despesas funerárias e ajudar a família. “Meu tio Edson que sempre foi uma pessoa muito trabalhadora. Ele teve vários problemas de saúde nos últimos meses. Por favor, ajude-nos a ajudá-lo a descantar em paz”, escreveu ela em uma página aberta no site da GoFundMe.

Quem qusier ajudar pode acessar o link https://bit.ly/3Etw5IH

Compartilhar:

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem