Imigrantes enviados para Martha´s Vineyard terão que deixar base militar até fim do mês

Os imigrantes que vivem na Joint Base Cape Cod partirão antes do final de outubro, de acordo com a WBZ-TV.
Os 50 requerentes de asilo venezuelanos que foram levados de avião para Martha’s Vineyard no mês passado pelo governador da Flórida, Ron DeSantis, foram transferidos para a Joint Base Cape Cod.
Mas o governador Charlie Baker abriu disse que eles ficarão no local por um curto período e que até o final do mês devem ser transferidos novamente.
A assessoria de imprensa da Guarda Nacional de Massachusetts disse que não podia fazer nenhuma declaração oficial sobre o assunto e Baker também não deu mais, mas disse que a base “não é realmente parte do que pode se escrever como um bairro ou uma comunidade. Trata-se de uma base militar”.
A advogada de imigração de Martha’s Vineyard, Rachel Self, está trabalhando com alguns dos requerentes de asilo. Ela disse que dois estavam programados para deixar a base e ir para New York, enquanto outros planejavam sair e ficar com famílias locais em Massachusetts enquanto aguardam suas audiências de imigração.

Compartilhar:

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem