Homem é acusado pela morte de imigrante encontrado em caixa de ferramentas trancada

Um homem do Texas se declarou culpado de tráfico humano no caso de um imigrante indocumentado que morreu depois de ser preso dentro de uma caixa de ferramentas, de acordo com as autoridades.

Juan Enrique Escobedo-Moreno, de Weslaco, admitiu ter traficado um homem em seu caminhão em outubro.

O imigrante morreu dentro de uma caixa de ferramentas que media 30 polegadas de comprimento, 26 polegadas de largura e 16 polegadas de profundidade, informou na sexta-feira (05), o Procurador dos EUA no Distrito do Sul do Texas, Abe Martinez.

Escobedo-Moreno, de 45 anos, disse que transportava uma carga de melancias de Edinburg para Houston, no dia 3 de outubro, quando ele parou o caminhão Kenworth 2002 para uma inspeção em um ponto de controle da Patrulha Fronteira em Falfurrias, de acordo com informações apresentadas no tribunal.

Ele disse que ninguém mais estava com ele, mas quando as autoridades verificaram um pequeno armário atrás do banco do motorista, encontraram um mexicano escondido no interior, de acordo com Martinez.

Depois verificaram o compartimento de ferramentas sob uma cama, na cabine, e encontraram o corpo do homem.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password