EUA – Homem é indiciado por atirar em imigrante indocumentado

Michael Goodwin, 71 anos, um homem de Arivaca (Arizona) que atirou em um imigrante indocumentado no dia 31 de julho, foi indiciado, na terça-feira (31/08), por duas acusações de agressão agravada com uma arma de fogo.

O Procurador-chefe do Ministério Público do Condado de Pima, Tom Weaver, recusou-se a dar mais detalhes sobre o caso, mas qualificou o tiroteio como “ilegal e não justificado”.

De acordo com o escritório do xerife do Condado de Pima, os oficiais responderam a uma ocorrência em uma casa na Arivaca Road, por volta das 7:10 p.m. do dia 31 de julho. Quando eles chegaram ao local, encontraram um imigrante indocumentado com um ferimento a bala. A vítima foi transportada, em um helicóptero, até o Centro de Trauma de Tucson (AZ).

Os investigadores descobriram que houve um confronto dentro da casa de Goodwin ou perto da porta do estacionamento. O imigrante correu em direção ao portão da propriedade e o acusado disparou vários tiros, um acertando o homem nas costas.

Goodwin foi indiciado por um grande júri do condado de Pima. Ele foi colocado em no dia 21 de agosto, e agora foi indiciado oficialmente. Se for condenado, o acusado pode pegar de cinco a trinta anos de prisão.

O escritório do xerife informou que, no início, Goodwin relatou que havia sido despertado por barulhos, encontrou o homem dentro de sua casa e atirou nele.

O homem correu para fora e foi alvejado. O juiz Eric Johnson, que lidera a subestação do Green Valley, disse que a condição da vítima está sendo mantida em segredo devido às leis federais de privacidade médica. Ele não informou o paradeiro do imigrante.

  • COMPARTILHE
  • FONTE: SANDRA SERAFIM
Compartilhar:

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem