Estados Unidos decidem reabrir fronteira com México

A fronteira de San Ysidro, que liga San Diego, nos Estados Unidos, e Tijuana, no México, onde milhares de migrantes aguardam para pedir asilo nos EUA, foi reaberta nesta segunda-feira (19) após várias horas fechada com materiais de reforço.

A medida de fechamento surpreendeu milhares de pessoas que transitam diariamente entre ambos os países. A ação tmbém interrompeu temporariamente tanto a passagem de veículos como uma das duas passagens de pedestres, segundo uma porta-voz do Escritório de Alfândega e Proteção Fronteiriça (CBP) americano.

Após ter fechado totalmente o cruzamento sem aviso prévio, a situação foi normalizada nesta manhã. A entrada dos Estados Unidos para o México não foi afetada durante esse período.

As autoridades americanas explicaram que fecharam a passagem depois de terem conhecimento que “grupos de pessoas das caravanas estavam se reunindo em Tijuana para uma possível tentativa de entrar ilegalmente”.

Tinham sido instalados diversos obstáculos com o objetivo de restringir o acesso de um grande grupo de migrantes em San Ysidro. Dezenas de agentes de segurança protegiam a passagem para a Califórnia, enquanto notificavam os motoristas que esperavam em fila sobre a decisão.

Durante o repentino fechamento, a entrada para San Diego se limitou ao porto internacional de Otay Mesa e à passagem para pedestres do oeste em San Ysidro, que tiveram uma demora mais longa que o habitual. Todos os dias, a fronteira internacional de San Ysidro registra a passagem de aproximadamente 50 mil veículos e 25 mil pedestres.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password