Descendente de coreanos, candidata a Deputada pelo Texas diz que “não quer imigrantes chineses nos EUA”

Uma candidata republicana na eleição especial para substituir o falecido deputado norte-americano Ron Wright, R-Arlington (Texas), enfrenta uma perdeu dois de seus maiores apoiadores depois de dizer que não quer imigrantes chineses nos Estados Unidos.

Os comentários de Sery Kim, uma coreana-americana que serviu na Administração de Pequenos Negócios da administração de Donald Trump, levaram as Deputadas da Califórnia, Young Kim e Michelle Steel a rescindir seu endosso a ela na sexta-feira, dia 02.

Young Kim e Steel são as primeiras mulheres coreanas naturalizadas americanas do Partido Republicano a servir no Congresso. “Não podemos, em sã consciência, continuar apoiando sua candidatura”, disseram as legisladoras em um comunicado.

A candidata não se desculpou, porém, argumentou que estava se manifestando contra o Partido Comunista Chinês e culpando a “mídia liberal” pelo alvoroço. Ela disse que “não vai desistir de falar a verdade”.

Sery Kim fez os comentários anti-chineses no início desta semana em um fórum do Partido Republicano, em Arlington, enquanto respondia a uma pergunta sobre questões de imigração nos EUA. “Eu não os quero aqui de jeito nenhum”, disse ela sobre os potenciais imigrantes chineses. “Eles roubam nossa propriedade intelectual, nos dão o coronavírus e não se responsabilizam”.

“E, francamente, posso dizer isso porque sou coreana”, acrescentou ela.

Os crimes de ódio contra os americanos de origem asiática aumentaram desde que a pandemia do novo coronavírus começou na China. Trump culpou repetidamente o país asiático pela pandemia e chamou o coronavírus de “o vírus chinês”. O comentário de Kim veio menos de um mês depois do tiroteio em um spa em Atlanta (Geórgia) que matou oito pessoas, seis das quais eram descendentes de asiáticos.

Os comentários foram condenados por grupos como o DFW Asian-American Citizens Council e AAPI Progressive Action, que trabalha para construir poder político em torno dos ásio-americanos e das ilhas do Pacífico.

Kim é um dos 11 republicanos – e 23 candidatos no total – na votação de 1º de maio para preencher a vaga de Wright, que morreu no início deste ano após ser hospitalizado com Covid-19.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem