Câmara dos Deputados dos EUA rejeita projeto de lei dos republicanos sobre imigração

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos rejeitou nesta quarta uma proposta de lei do partido republicano para solucionar a questão da separação das famílias na fronteira entre México e Estados Unidos.

O texto também mencionava a questão dos dreamers, os imigrantes ilegais trazidos aos Estados Unidos pelos pais quando crianças. Eles haviam recebido proteção durante o governo de Barack Obama.

O projeto de lei dos republicanos incluía vinte e cinco bilhões e dólares para a construção do prometido muro na fronteira com o México.

A derrota da proposta já era esperada. A Casa deve votar uma nova proposta na semana que vem. Por enquanto, a separação das famílias na fronteira continua gerando polêmica.

Nesta terça, um juiz federal decidiu que funcionários do governo não poderiam mais continuar a separar famílias pegas atravessando a fronteira supostamente de maneira ilegal. Além disso, ele disse que o governo deve promover a reunificação das famílias que já foram separadas.

Além do juiz, quase vinte estados norte-americanos estão processando o governo Trump pela medida. Eles dizem que o anúncio da semana passada do presidente de que iria por um fim à política que gerou a separação das crianças era ilusório.

Os estados dizem também que a separação das famílias é inconstitucional porque sua motivação estava baseada no objetivo de prejudicar os imigrantes vindos da América Latina.

O decreto executivo que Trump assinou na semana passada para resolver o problema não explicava como seria a política para reunir as famílias e para evitar que outras sejam separadas no futuro.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem