Brasileira acusada de “agredir” homem com “boné do Trump” é entregue ao ICE

A brasileira Rosiane Santos, de 41 anos, foi presa pelo ICE após criticar um americano só porque ele usava um boné com a frase “Make America Great Again”.

O fato aconteceu no restaurante Casa Vallarta, que fica em Falmouth. Testemunhas dizem que Rosiane começou a criticar o americano Bryton Turner, de 23 anos, porque ele estava usando o tal boné num restaurante mexicano enquanto o presidente Trump quer construir um muro na fronteira com o México.

Turner filmou o incidente e as imagens mostram a brasileira tocando no boné dele. “Isso é o que está errado na América hoje. pessoas ignorantes atacando pessoas educadas,” disse Turner durante a gravação.

Testemunhas disseram que Turner não se dirigiu para a brasileira. Mas Rosiane diz que foi provocada pelo americano. Nesta terça-feira, 26, o ICE, que é a polícia do Departamento de Imigração, confirmou que Rosiane Santos vive nos EUA ilegalmente e que ela está prensa. “(Rosiane) Santos encara indiciamento local por agressão e outras ofensas. Ela está sob custódia do ICE e já iniciamos o processo de remoção dela na Corte de Imigração,” disse o ICE em nota para o canal de TV Fox 25.

Em nota, a ONG de defesa dos imigrantes MIRA criticou a decisão do ICE de prender a brasileira antes do seu caso ser julgado na Corte. “A interferência do ICE atrapalha o nosso sistema judicial e nega aos dois lados o direito que eles tem a uma resolução legal”. Ainda não está claro se Rosiane Santos já tem advogado.

O ICE não revelou em que prisão a brasileira está sendo mantida.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem