Bebê e mais três imigrantes morrem congelado durante travessia na fronteira dos EUA com Canadá

Sob a escuridão, metralhadas por ventos cortantes e uma nevasca, quatro pessoas se arrastaram pela neve profunda e frio mortal, com o objetivo de cruzar a fronteira do Canadá para os Estados Unidos com a promessa de uma vida melhor.

Todos, incluindo uma criança e um adolescente, morreram, a poucos metros da fronteira.

Os investigadores acreditam que eles se dirigiam a uma van que estava à espera, carregada de provisões compradas na cidade vizinha de Fargo, em Dakota do Norte.

Um home foi preso por suspeita de ser a pessoa que levaria os imigrantes ao sei destino dentro dos EUA. Steve Shand, 47, é de Deltona, Flórida, e enfrenta uma única acusação de transportar ou tentar transportar estrangeiros ilegais.

Um arquivo judicial da Flórida que remonta a 2018 mostra que ele, um jamaicano naturalizado cidadão dos EUA, entrou com pedido de falência há mais de três anos.

Documentos dizem que havia outros dois cidadãos indianos indocumentados na van, com Shand, quando ele foi parado na quarta-feira da semana passada e um grupo de mais cinco pessoas foi visto fazendo seu próprio caminho para o sul na mesma época.

Quando foi preso, Shand dirigia “em uma área rural em uma estrada de terra, distante de quaisquer serviços, residências ou portos de entrada no Canadá”.

Evidências detalhadas nos documentos também sugerem que o grupo não foi o primeiro a fazer a perigosa jornada recentemente: duas vezes em dezembro e uma vez em janeiro, agentes da patrulha de fronteira encontraram pegadas na neve.

Compartilhar:

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem