Promotores abrem processo federal para acabar com prisões do ICE em tribunais em Massachusetts

Uma ação federal para encerrar as prisões feitas por agentes do ICE em tribunais foi apresentada por um grupo que inclui dois promotores de Massachusetts. A advogada da Comarca de Suffolk, Rachael Rollins, e a promotora do condado de Middlesex, Marian Ryan, estão entre as listadas que entrarão com uma ação federal para encerrar a política e a prática de prisões em Massachusetts, segundo comunicado do escritório da Middlesex.

O grupo inclui defensores públicos e organizações comunitárias que disseram, no comunicado, que a política está minando todo o sistema judiciário. “Os promotores são forçados a abandonar os casos porque muitas vítimas e testemunhas são orientadas a não comparecer ao tribunal. A política também torna mais difícil obter informações dos réus em tribunais”, disse o comunicado.

O anúncio foi feito poucos dias depois de uma juíza de Newton ser acusada de obstrução da justiça, e permitir que um imigrante indocumentado escapasse do ICE após uma audiência em um tribunal.

Rollins divulgou um memorando detalhado em 25 de março, descrevendo mudanças e prioridades nas quais ela se concentraria, incluindo recusar-se a processar algumas contravenções e crimes de baixo nível e levar em consideração possíveis consequências imigratórias na sentença.

Ela também orientou qualquer pessoa que presenciasse prisões do ICE ou da Patrulha de Fronteira em qualquer tribunal do condado de Suffolk a notificá-la imediatamente.

Em março, a polícia de Boston enfrentou críticas por ajudar agentes de imigração a prender um trabalhador da área de construção que está ilegal no país, apesar das políticas municipais protegerem essas pessoas.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem