EUA – Mais de 50% dos americanos defendem leis restritas para porte de arma

Uma recente pesquisa divulgada pelo Pew Research Center revelou que metade dos americanos entendem o porte de arma como um grande problema para a violência no país.

Realizada entre março e abril deste ano com 3.930 americanos, incluindo 1.269 proprietários de armas, a pesquisa indicou que 52% dos entrevistados afirmaram que as leis para compra e porte de armas deveriam ser mais estritas.

A pesquisa apontou também que 44% dos cidadãos afirmam conhecer alguém que tenha sido atingido por um disparo e mais de 80% dos americanos querem aumentar ligeiramente os controles relacionados à compra e à capacidade de portar armas de fogo, enquanto outra metade qualifica a violência armada como um problema muito grande no país.

No total, 89% dos consultados querem que haja medidas para evitar que pessoas com doenças mentais possam comprar armas, enquanto 84% defendem controles de antecedentes para os que compramem feiras e vendedores privados, que são isentos.

Sobre reforçar as leis que permitem o porte de armas, 52% dos entrevistados afirmaram que as leis a respeito deveriam ser mais estritas, enquanto 30% opinaram que estão boas como estão e 18% querem suavizá-las. O Congresso ainda posterga o assunto, em parte, pela razão da influência da poderosa Associação Nacional de Rifles (NRA).

83% dos entrevistados apoiam a proibição de venda de armas àqueles que integram listas governamentais de vigilância por atividades suspeitas ou de pessoas que estão proibidas de voar em companhias aéreas comerciais.

O assunto ainda divide opinião entre os que possuem armas e os que não têm, e entre republicanos e democratas. A criação de uma base de dados federais para controlar a venda de armamentos érespaldada por 71%, e o veto aos cartuchos com alta capacidade, por 65% das pessoas.

Os disparos de arma de fogo já foram realizados por 72% dos americanos, 48% cresceram em uma casa onde havia armas e 59% têm amigos que possuem armamentos.

Sobre o porte, 30% dos americanos dizem ter arma em casa, desses, 66% asseguram que contam com várias delas, 73% dizem que não se imaginam sem, e 74% afirmam que o objeto é “essencial” para sua sensação pessoal de liberdade.

A pesquisa tem uma margem de erro de 2,8 pontos porcentuais para mais ou para menos.

  • COMPARTILHE
  • POSTAGEM: SANDRA SERAFIM
  • FONTE: GAZETANEWS.COM
Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem