EUA – ICE realizou uma mega operação nacional e prendeu 1.378 criminosos de gangues

A operação nacional foi liderada pelas agências do U.S. Immigration and Customs Enforcement’s (ICE) e Homeland Security Investigations (HSI) e contou com parceiros estaduais, locais e federais de aplicação da lei, incluindo as Operações de Execução e Remoção da ICE (ERO), e decorreu entre 26 de março e 6 de maio. Durante seis semanas foram realizadas 1.378 prisões em todo o país. Esta foi a maior operação contra quadrilhas conduzida pela HSI até o momento.

ICE realizou uma operação nacional e prendeu 1.378 criminosos de gangues. (FOTO: ICE)

A operação visava membros de gangues e associados envolvidos em atividades criminosas transnacionais, incluindo tráfico de drogas, contrabando de armas, contrabando humano e tráfico de sexo, assassinato e extorsão.

Embora a operação tenha sido conduzida pelo ICE, o foco não era exclusivamente sobre imigrantes. Do total de 1.378 detidos, 1.098 foram presos por acusações criminais federais e / ou estaduais, incluindo 21 pessoas presas por acusações de assassinato e sete por acusações de estupro e agressão sexual. Os 280 restantes foram presos por violações administrativas da imigração. Do total de prisioneiros, 933 eram cidadãos dos EUA e 445 eram estrangeiros de 21 países da América do Sul e Central, Ásia, África, Europa e Caribe.

“As gangues ameaçam a segurança de nossas comunidades, não apenas nas grandes áreas metropolitanas, mas também em nossos subúrbios e áreas rurais”, disse Thomas Homan, diretor interino do ICE.

Do total de 1.378 detidos, 1.095 foram confirmados como membros de gangues e afiliados – incluindo 137 afiliados com os Bloods, 118 com os Sureños, 104 com MS-13 e 104 com os Crips. Os 283 restantes não reivindicaram nenhuma afiliação de gangues, mas foram presos em cargos criminais ou administrativos.

Criminosos sob o DACA

Três indivíduos presos fazem parte do programa DACA (Deferred Action for Childhood Arrival) que protege imigrantes que entraram ilegalmente pela fronteira quando criança. Todos já tiveram alguma ordem de deportação adiada anteriormente por estarem protegidos pela lei

Mas, segundo o DHS, qualquer imigrante que represente uma ameaça à segurança nacional ou segurança pública pode ter o programa encerrado e ser retirado dos Estados Unidos e desde o início do programa em 2012, o DHS encerrou a ação diferida de aproximadamente 1.500 beneficiários devido a preocupações de criminalidade ou afiliação de gangues.

Assista a coletiva de imprensa do ICE mostrando os resultados da operação em todo o país. Vídeo em Inglês:

As prisões ocorreram principalmente nas áreas de Houston, Nova York, Atlanta e Newark, Nova Jersey. Uma operação semelhante em março de 2016 resultou em mais de 1.100 prisões. Destes, 239 eram estrangeiros.

COMPARTILHE

FONTE LATINONEWS

POSTAGEM: SANDRA SERAFIM

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password