EUA – Homem que se jogou em fogo durante festival era americano

Com 50 mil pessoas como testemunhas, um homem se jogou nas chamas do festival Burning Man, que ocorre no deserto de Black Rock, desde 1986, nos Estados Unidos. Aaron Joel Mitchell, de 41 anos, foi socorrido de helicóptero ao hospital mais próximo, mas não resistiu aos ferimentos. A morte foi confirmada neste domingo (3), pelo perfil do festival no Twitter.

Mitchell driblou pelo menos um agente do Corpo de Bombeiros para correr de encontro à escultura de madeira, no momento em que foi incendiada. Nas imagens, vários agentes rodeiam Mitchell, enquanto ele corre para a estrutura.

A queima da escultura de mais de 12 metros é um dos pontos altos da festa de contracultura, cujo nome em português pode ser traduzido como ‘Homem em Chamas’. “Nossa comunidade está de luto”, postou o Burning Man no Twitter. A programação do festival no domingo foi cancelada e os organizadores oferecem apoio psicológico a quem estava no local.

Segundo a polícia, Mitchell era de Oklahoma, nos Estados Unidos, mas morava na Suíça, onde casou. O departamento de polícia de Nevada informou, em nota, que os “bombeiros não tiveram como evitar que a estrutura caísse sobre Mitchell, antes de conseguirem retirá-lo dos escombros”.

COMPARTILHE

FONTE: NOTICIASAOMINUTO.COM.BR

POSTAGEM: SANDRA SERAFIM

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem