EUA – 1.378 pessoas presas em operação contra gangues feitas pelo ICE

Uma operação contra a unidade de quadrilha liderada por Investigações de Segurança Interna (HSI) do Immigration and Customs Enforcement foi concluída no fim da semana passada com 1.378 prisões em todos os Estados Unidos.

A operação durou seis semanas e tinha como alvo membros de gangues suspeitos e colaboradores envolvidos em atividades criminosas transnacionais, incluindo o tráfico de drogas, contrabando de armas, contrabando e tráfico de sexo, assassinato e extorsão.

Dos 1.378 presos, 1.098 foram presos por acusações criminais federais e / ou estaduais, incluindo 21 indivíduos presos por assassinato e sete acusações de estupro e agressão sexual.

Os restantes 280 foram presos em violações de imigração administrativos. Do total de presos, 933 eram cidadãos norte-americanos e 445 eram estrangeiros de 21 países da América do Sul e Central, Ásia, África, Europa e Caribe.

A agência também disse que três indivíduos detidos durante esta operação tinham anteriormente sido beneficiados com o programa DACA.

“Os beneficiários do DACA considerado uma ameaça à segurança nacional ou a segurança pública pode ser revogado a qualquer momento e o Departamento de Segurança Interna pode solicitar sua remoção como estrangeiros dos Estados Unidos,” disse o ICE.

O texto acrescenta que desde o início do DACA em 2012, o Departamento de Segurança Interna revogou sua ação diferida aproximadamente de 1.500 beneficiários “por causa dos crimes ou afiliação a gangues”.

“Gangues ameaçam a segurança de nossas comunidades, não só nas grandes áreas metropolitanas, mas também nos subúrbios e áreas rurais”, disse Thomas Homan, Diretor da ICE.

De acordo com uma agência de notícias, “de um total de 1.378 presos, 1095 foram confirmados como grupos e afiliados, incluindo 137 pertencentes às gangues, 118 com o Southern, 104 para o MS-13 e 104 ligados a CRIP. Os restantes 283 não alegaram filiação às gangues, mas foram presos por acusações criminais ou administrativas.

Dez pessoas presas durante esta operação através da fronteira como menores não acompanhados. Nove dos 10 foram confirmados como membros de grupos, dos quais oito eram membros do grupo MS-13, de acordo com o ICE.

As ações foram realizadas em todo o país, e especialmente em Houston, New York, Atlanta e áreas de Newark.

A operação foi liderada pelo HSI e foi realizada entre de 26 março e 6 maio.

  • COMPARTILHE
  • FONTE: brazilianpress.com
  • POSTAGEM: SANDRA SERAFIM
Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password