Consulado dos EUA dá apoio a interessados em intercâmbio

Aos 16 anos, o estudante campo-grandense Matheus Peruzo exibe com orgulho as fotos da viagem que fez à Califórnia. De Einstein a jogo de beisebol, Matheus aproveitou a viagem para conhecer e vivenciar o cotidiano norte-americano, além de descobrir como é frequentar o campus de uma faculdade, a Diablo Valley College.
Todo o processo foi feito por meio do programa American Corner, mantido pelo Consulado dos Estados Unidos em São Paulo e realizado em Mato Grosso do Sul pelo Sesc MS. “Minha mãe que descobriu o programa ao buscar informações sobre intercâmbio de estudantes. Para me preparar para o intercâmbio, eu comecei a frequentar o Conversation Club. Lá eles te ajudam a aprender mais sobre o idioma. Todo mês tem um tema e há pessoas de todas as idades”, explica Peruzzo.
O clube acontece toda última terça-feira do mês, gratuitamente, no Sesc Cultura.
Com o auxílio para o processo, Peruzzo realizou o intercâmbio e, mesmo assim, continua frequentando as aulas. “Eu viajei para o intercâmbio em julho do ano passado. Foi muito diferente e muito legal. É um choque mudar a fala, o idioma, de uma hora para a outra, viver com outra família. Vi poucos brasileiros lá”, explica.
Para o futuro, Peruzzo, que está no terceiro ano do Ensino Médio, pretende cursar Ciência da Computação. “Continuo frequentando as aulas do clube mesmo após o fim do intercâmbio porque ajuda no aprendizado do inglês”, frisa.
A assessora técnica do American Corner, Nádia Evelyn Salles, explica que o programa vai muito além do clube de conversação.
Dentro do programa existe o EducationUSA, que auxilia pessoas que desejam estudar fora a realizar o processo. “Nós somos o único escritório em Mato Grosso do Sul do Education USA, que auxilia estudantes a realizar o processo de estudar em cursos de graduação e pós-graduação nos Estados Unidos. O programa EducationUSA e Academy presta uma assessoria para toda a pré-candidatura desse estudante às universidades”, frisa.
Além do curso, o Sesc MS tem uma sede do programa e uma biblioteca especial com títulos em inglês. “São livros e filmes de autores norte-americanos e em inglês. Ao todo, são mais de 500 títulos para que o estudante possa aprender mais sobre a cultura americana”, indica.
No quesito socialização, além do clube de conversação, que tem mais de 10 pessoas entre adolescentes e idosos, o programa tem o projeto Alumini, que reestabelece o contato com antigos estudantes do EducationUSA e de iniciativas como o Jovens Embaixadores.
O cônsul-geral dos Estados Unidos em São Paulo, Adam Shub, esteve em Mato Grosso do Sul esta semana e visitou os estudantes de Ensino Médio do Sesc Escola Horto, na manhã de ontem.
Em um bate-papo totalmente em inglês, Adam falou sobre os desafios e prazeres da carreira diplomática e incentivou os jovens a continuarem aprendendo a língua inglesa. O encontro foi realizado por meio do American Corner.
Cumprindo agenda na cidade, Shub também esteve na redação do Correio do Estado na tarde de ontem e falou sobre o projeto e as mudanças no visto de brasileiros, que agora poderá ser renovado automaticamente, sem a necessidade do turista se deslocar ao consulado para a realização de entrevista. “O turista precisará preencher um formulário e, se não houver nenhuma restrição, ficará dispensado da entrevista”, explicou.
Apenas no ano passado, o consulado emitiu 275 mil vistos de viagem para os Estados Unidos.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem