Ex-ator global lamenta morte da filha e fala de rotina nos EUA

O ator Carlos Machado, no ar como Ferdinand no reprise da novela ‘Fina Estampa’ da Rede Globo, falou sobre a sua relação familiar e também os motivos que o levaram a se mudar para os Estados Unidos, junto com a esposa Ivy Rocha, grávida de Luca, e a filha, Luna de um ano e oito meses.

Sobre o seu momento de vida atual, o galã garante que o vê como um processo de cura, em função de todo o sofrimento que viveu ao perder sua primeira filha, Luiza, quando tinha apenas 11 anos, em decorrência de complicações de uma hepatite autoimune.

“É algo muito difícil, mesmo já tendo tanto tempo. Ela faria 30 anos em novembro agora. Mas vejo sempre com muita fé a vida. Meu pai, que faleceu no início desse ano, dizia: ‘A vida é curta para todos, não importa se viveu 7 ou 70 anos. Isso é um flash“, refletiu.

Apesar de não ter convivido tanto com a menina quanto gostaria, ele celebra a relação que tiveram. “Foi maravilhoso passar com ela 11 anos. Não era fruto de um casamento, era de um namoro de faculdade, então não convivi tanto como agora estou de verdade convivendo. Quando recebi a notícia de que ia nascer uma menina, minha filha atual, na época fiquei até com certo trauma. Vi isso tudo como um presente de Deus, uma restituição, uma cura do meu coração, de alguma coisa que ainda precisava ser curada. Curto cada minuto, a gente aprende a curtir mais os momentos“, disse.

Sobre a sua decisão de mudar de país, o bonitão diz que foi pautada em uma questão de segurança: “Já tem uns 10 anos que namoro um pouco essa ideia de morar nos Estados Unidos. No momento em que a gente percebeu que no Brasil a segurança estava um pouquinho mais complicada, e definitivamente quando a Ivy ficou grávida, a gente resolveu fazer essa ‘aventura’“.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem