Ibovespa abre o mês com o maior patamar da história

O Índice Bovespa fechou na máxima histórica nesta quinta-feira (1º), superando os 89 mil pontos no melhor momento do dia. Agentes financeiros seguem na expectativa de uma agenda positiva do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa encerrou o pregão de hoje com alta de 1,14%, aos 88.419,05 pontos, maior patamar de fechamento na história.

Na máxima do dia, o índice atingiu 89.107,37 pontos, recorde intradia. O volume financeiro alcançou R$ 18,75 bilhões.

Na semana, mais curta em razão do feriado de Finados, celebrado nesta sexta feira, o Ibovespa subiu 3,15%, engatando a quinta alta semanal seguida. No período, o índice se valorizou 11,4%.

A Wall Street endossou os ganhos no pregão paulista, com os principais índices acionários no azul, apoiados em balanços trimestrais robustos e após forte queda em outubro em Nova York.

Estrategistas aguardam continuidade da volatilidade na bolsa em novembro, mas veem espaço para a manutenção dos ganhos, em meio a expectativas de uma agenda liberal e pauta reformista para o país a ser implementada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.

Destaques

  • BRADESCO PN fechou em alta de 5,71%, após aumento de 13,7% no lucro líquido recorrente do terceiro trimestre na comparação anual, para R$ 5,471 bilhões, com um recuo nas provisões para perdas com empréstimos duvidosos. O retorno sobre o patrimônio líquido de 19% superou as previsões dos analistas. “Eu tenho o poder [finalmente]”, foi o título do relatório dos analistas do Brasil Plural sobre o balanço.
  • BANCO DO BRASIL teve valorização de 1,47% e ITAÚ UNIBANCOPN subiu 1,44%, enquanto SANTANDER BRASIL UNIT caiu 0,95%.
  • PETROBRAS PN fechou em baixa de 1,09%, conforme os preços do petróleo ampliaram as perdas, mas tendo de pano de fundo notícia de que a companhia assinou na quarta-feira acordo para venda de sua participação de 50% na joint venture holandesa Petrobras Oil & Gas (PO&GBV), que detém ativos na Nigéria, por um valor total de até US$ 1,53 bilhão.
  • VALE avançou 1,39%, em sessão de alta de ações de mineradoras também no exterior .

Fonte: Thomson Reuters 2018

 

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

WhatsApp Chat
Enviar Mensagem