MUNDO- Menina de 10 anos que teve aborto negado após estupro dá à luz na Índia

A menina de 10 anos que teve o aborto negado pela Suprema Corte da Índia  deu à luz nesta quinta-feira (17). A criança foi estuprada pelo tio por meses e engravidou. Ela não foi avisada que estava grávida nem que o bebê nasceu. O caso chocou o país.

Segundo a “BBC”, o parto ocorreu em um hospital público em Chandigarh. O bebê é uma menina e nasceu com 2,5 quilos. Segundo as autoridades, as duas passam bem.

A menina denunciou ter sido estuprada pelo tio por meses. O agressor foi preso.

A criança teve o pedido de aborto negado no mês de julho pela Suprema Corte, pois os médicos argumentaram que a gravidez estava “avançada demais” para ser interrompida. Fazer um aborto na 32ª semana de gestação seria arriscado demais para a vítima, alegou a Corte.

A demora para entrar na Justiça por parte dos pais foi justificada por eles porque ninguém percebeu que a criança estava grávida. De acordo com os parentes, ela reclamou de fortes dores na barriga e foi levada ao médico. Quando a gravidez foi detectada, a menina já estava na 26ª semana de gestação.

A reportagem cita que as leis da Índia permitem a interrupção da gravidez apenas até a 20ª semana de gestação ou se constatado que a vida da mãe está em risco.

O advogado da família argumentava que a criança não tinha os ossos pélvicos totalmente desenvolvidos para o parto, considerando ser um risco para ela.

  • COMPARTILHE
  • FONTE: BBC
  • POSTAGEM: SANDRA SERAFIM
Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free