MUNDO: Dois casais são acusados de torturar babá por mais de 16 horas

Uma babá de 19 anos foi torturada por mais de 16 horas, na Austrália. Dois casais estão sendo julgados pelo caso. Eles teriam raptado a garota porque acreditavam que ela tinha dito para a polícia que um amigo deles teria roubado um carro.
A moça, que permanece anônima, ficou amarrada, foi agredida, torturada, e permaneceu trancada dentro de um armário com uma coleira no pescoço enquanto os agressores a chamavam de “cachorra”. Eles filmaram toda a ação no telefone dela.

Os sequestradores são: Joshua Anthony Gent, de 29 anos, Keira Jane Baker, de 28, Patrick Breen, de 25, e Stacey Gaffney, de 23.

Tudo começou quando a vítima estava com uma colega na casa de Baker e Gent, cuidando da criança do casal. Na hora do almoço, eles chegaram na residência chamando a moça de dedo-duro, e levaram Patrick para “lhe dar uma lição”.
Ela teve que beber desinfetante, foi queimada com cigarros, comeu ração de cachorro, fumou metanfetamina, inalou gás butano, e foi o tempo todo ameaçada de ser “estuprada e morta”. Tudo isso enquanto o filho de dois anos de Gaffney permanecia no cômodo ao lado.
ReproduçãoREPRODUÇÃO
Depois que a mãe da colega que estava com a vítima na hora do sequestro ligou para a polícia, ela foi resgatada. Os agressores, além das acusações de tortura, estão sendo julgados por roubar pertences pessoais da vítima, no valor total de US$ 2,5 mil.
Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free