Julgamento do imigrante indocumentado acusado de assassinato está perto do fim

José Inês Garcia Zarate estava jogando sua própria “versão de roleta russa”, quando saiu deliberadamente, se dirigiu a uma multidão e matou Kate Steinle, em um cais de São Francisco (California), há dois anos. Estas afirmações foram feitas pela Promotoria durante a audiência de julgamento, nesta segunda-feira (20).

Mas a defesa de José, que é um imigrante indocumentado, alegou que a pistola Sig-Sauer, de calibre .40, disparou acidentalmente quando o imigrante a encontrou em baixo de um banco. “A bala ricocheteou no chão e acertou Steinle”, disse o advogado Matt Gonzalez.

José foi acusado de assassinato em segundo grau em um julgamento que já dura um mês. O corpo de jurado terá que decidir se o imigrante cometeu assassinato ou acertou a vítima acidentalmente.

Todas as provas foram apresentadas e agora cabe aos jurados deliberarem. Ainda esta semana poderá ser divulgado o resultado.
O caso achou a atenção de todo o país, porque o acusado já havia sido deportado anteriormente cinco vezes.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free