Mulher é presa por suposta fraude imigratória

O escritório do xerife do condado de Santa Clara, na California, prendeu na terça-feira (14) uma mulher que supostamente fornecia serviços de imigração em um escritório no bairro de Willow Glen.

Castillo trabalhou em um escritório na 1190 S. Bascom Avenue e forneceu serviços de imigração sem autorização do Secretário de Estado da Califórnia, de acordo com o escritório do xerife. Ela também supostamente não tinha o seguro de US$ 100.000 necessário para operar o negócio.

Suas vítimas sofreram “perdas financeiras significativas” e tiveram “oportunidades de imigração perdidas”, de acordo com o escritório do xerife. A suspeita supostamente recebeu dinheiro para aplicação e renovação do Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA). Mas ela neglicenciou prazos e não enviou pedidos completos para o Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS, sigla em inglês).

“O condado de Santa Clara tem uma população muito diversificada, composta por famílias imigrantes de várias nacionalidades”, disse o sargento Rich Glennon em um comunicado de imprensa emitido na terça. “É fundamental que aqueles que precisam de serviços de imigração saibam que os provedores que contratam são competentes e estão fornecendo serviços que atendam aos padrões legais”.

Glennon acrescentou que o escritório do xerife está disponível para ajudar as famílias a buscar justiça, independentemente do status de imigração.

“A aplicação das leis de consultoria de imigração fornece o primeiro passo para proteger a comunidade dos serviços de imigração fraudulentos e serviços incompetentes”, afirmou.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free