Imigrante acusado de matar cinco pessoas de uma família pega prisão perpétua

Um imigrante do Vietnam, que vive ilegalmente nos Estados Unidos, foi considerado culpado pelo assassinato de cinco pessoas de uma mesma família. Ele terá que cumprir uma sentença de prisão perpétua após a decisão de uma audiência que aconteceu nesta segunda-feira, dia 10, em San Francisco (Califórnia).

De acordo com as autoridades, Binh Thai Luc, que tem um histórico de violência, deveria ter sido deportado em 2006, cometeu o crime após perder dinheiro em um cassino. Ele também foi considerado culpado por cinco acusações de tentativa de roubo e duas acusações de roubo.

Luc, que estava endividado e havia recebido um aviso de despejo, matou a família de chineses durante um assalto depois que perder dinheiro em um cassino, em 23 de março de 2012.

Os promotores disseram que a família tinha milhares de dólares em dinheiro em sua casa, na cidade de San Francisco. No momento da prisão, o imigrante estava de posse de mais de US $ 6.500.

“Este foi um assassinato horrível e brutal e estamos satisfeitos por podermos dar uma resposta aos familiares das vítimas e a comunidade”, disse o Procurador do Distrito, George Gascón.

Apesar de nenhum relato de testemunhas oculares sobre o envolvimento de Luc, os investigadores disseram que o sangue de um dos membros da família foi encontrado espalhado na calça jeans do imigrante.

Além disso, o sangue de Luc foi encontrado na cena do crime, em um maço de cigarros, um recibo e uma gaveta de gabinete, de acordo com a acusação.

O imigrante passou uma década na prisão por crime de roubo e agressão com uma arma de fogo cometido em 1996. Ele foi condenado a ser deportado dos EUA para o Vietnã após o cumprimento de sua pena, mas o governo vietnamita não forneceu os documentos adequados.

As autoridades federais de imigração dos EUA liberaram Luc em 2006.

A defesa argumentou que foi outra pessoa que assassinou a família, possivelmente um gângster de Chinatown ou um ex-namorado de uma das vítimas. O advogado de defesa, Mark Goldrosen, disse que a acusação não estabeleceu um motivo para o crime.

Luc não falou depois que o veredito foi anunciado. O advogado disse que estava “bastante decepcionado” com a decisão.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free