ICE deporta homem procurado por assassinar comerciante na Guatemala

Um homem da Guatemala, procurado pelas autoridades do seu país de origem por ter assassinado um dono de uma loja, foi deportado por agentes do Immigration and Customs Enforcement (ICE)e o programa Enforcement and Removal Operations (ERO).

Conforme as informações divulgadas pela agência de imigração, Jose Manuel Ohajacao-Ramos, foi removido no dia 9 de novembro e entregue para a custódia das autoridades guatemalteca na Cidade da Guatemala, Guatemala. O imigrante é acusado de matar o dono da loja em junho de 1997.

Ele entrou legalmente nos Estados Unidos em 1998 como visitante e ultrapassou o seu visto temporário em mais de 18 anos. Jose foi preso em sua casa na cidade de Neosho (Missouri), em maio de 2017. Em setembro, um juiz federal de imigração determinou a sua deportação e o imigrante permaneceu na guarda do ICE desde a prisão de maio.

“A deportação de imigrantes fugitivos tentando escapar à aplicação da lei em seus países de origem é uma prioridade para o ICE”, disse Ricardo Wong, diretor do escritório de campo da ERO em Chicago. “A cooperação entre os EUA e nossos homólogos guatemaltecos resultou em deportar esse homem que é uma ameaça para a segurança pública”.

Desde 1º de outubro de 2009, o programa ERO retirou mais de 1.700 imigrantes que eram procurados em seus países de origem por crimes graves, incluindo sequestro, estupro e assassinato.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free