Homem é condenado por traficar pessoas trancadas em caixas de madeira

Um homem do Tennessee foi sentenciado, na quinta-feira (08), a quatro anos em uma prisão federal pelo seu envolvimento em um esquema de contrabando humano que colocava imigrantes em condições perigosas e com as vidas ameaçadas.

A afirmação acima foi usada pelo Procurador dos Estados Unidos, Ryan K. Patrick, do Distrito Sul do Texas, onde aconteceu o julgamento.

Este caso foi investigado pelos agentes do Homeland Security Investigations (HSI, sigla em inglês), Immigration and Customs Enforcement (ICE) com apoio do U.S. Customs and Border Protection (CBP).

De acordo com as investigações, Zachary Steven Blizzard, de 27 anos, de Kingport (Tennessee), foi condenado em 8 de fevereiro pela juíza distrital Hilda G. Tagle a 48 meses em uma prisão federal e a três anos de liberação supervisionada.

Blizzard se declarou culpado pelas acusações de contrabando de seres humanos em 5 de setembro de 2017.

Conforme os documentos judiciais, em 15 de junho de 2017, Blizzard ordenou que três imigrantes indocumentados, um dos quais era menor de idade, se escondessem em duas caixas de madeira usadas por mercados. Elas estavam incorporadas na parte traseira de sua van de trabalho, uma Chevrolet 2008.

As autoridades descobriram os imigrantes quando Blizzard tentou passar por um posto de controle do CBP dos EUA na Highway 59, a cerca de 15 milhas a oeste de Laredo (Texas).

Os imigrantes podiam ter morrido dentro das caixas pois além de ficarem trancados, eles ficaram expostos a temperaturas internas atingindo mais de 100 graus.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free