REDAÇÃO-EUA: Programa de anistia a jovens imigrantes -DACA poderá ser anulado nesta terça (05)

REDAÇÃO :A administração Trump, decidiu anular um programa federal criado pela anterior administração dos EUA, do ex presidente Barack obama  e que até agora protegia jovens imigrantes clandestinos.

A notícia deste plano é preparada para ser anunciada amanhã na terça-feira

O Presidente vai dar aos legisladores do Congresso seis meses para prepararem uma nova lei para substituir a lei Deferred Action for Childhood Arrivals (DACA) — não sem antes alertarem que Trump “ainda pode mudar de ideias”.

O DACA foi Implementado por Barack Obama em 2012, e veio ajudar os centenas de milhares de jovens imigrantes sem documentos, os chamados Dreamers, impedindo a sua deportação através da atribuição de vistos especiais para estudarem nos Estados Unidos.

Algumas fontes disseram que Paul Ryan, líder da maioria republicana na Câmara dos Representantes, foi informado da decisão do Presidente em acabar com esse programa no domingo de manhã.

Na semana passada, Ryan tinha pedido ao Presidente que anulasse o esquema de atribuição de vistos, sob o argumento de que deixava muitos jovens imigrantes “no limbo”. “Estes são miúdos que não conhecem outro país, que foram trazidos para aqui pelos pais deles e que não conhecem outra casa”, disse .

Durante a corrida à Casa Branca no ano passado, e no âmbito do seu programa anti-imigração, Trump tinha garantido que ia “terminar imediatamente” o programa assim que tomasse posse; desde então, declarou apenas que o assunto é “muito, muito duro”, deixando essa possibilidade suspensa até agora. Recentemente, o Presidente disse que pretendia mostrar um “grande coração” ao lidar com jovens que, “em muitos casos são crianças incríveis”.

A alegada decisão de dar ao Congresso meio ano para preparar legislação alternativa terá surgido de um compromisso entre os legisladores republicanos e os líderes de multinacionais como a Google, a General Motors e a Microsoft, algumas das maiores empresas dos EUA que dependem dos conhecimentos e da massa cinzenta de jovens de todo o mundo e que, depois de terem aberto um processo judicial contra a administração para combater os decretos anti-imigração promulgados por Trump, passaram os últimos meses a tentar convencer o Presidente a não anular o DACA.

  • IMPLEMENTAÇÃO:

O DACA, desde que foi implementado há cinco anos, já impediu que cerca de 750 mil jovens imigrantes sem documentos fossem deportados dos EUA, atribuindo-lhes vistos temporários para estudarem e trabalharem no país. Para se qualificarem para o programa, os candidatos com menos de 30 anos têm de entregar informações pessoais ao Departamento de Segurança Nacional, não ter cadastro e submeter-se a investigações aprofundadas do FBI; só são considerados os jovens que estejam na escola, que sejam recém-licenciados ou que tenham sido dispensados com honra do Exército.

Os que se qualificam obtêm um diferimento do governo federal, que sob o DACA se compromete a não alterar o seu estatuto de imigração durante um período de dois anos. A maioria dos Dreamers a viver atualmente nos EUA são oriundos do México e de outros países da América Latina.

  • COMPARTILHE
  • REDAÇÃO: SANDRA SERAFIM/JORNALNEGOCIOFECHADOUSA.COM
Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free