EUA -DHS não descarta a detenção de indocumentados vítimas ou testemunhas de crimes

O Departamento de Segurança Interna (DHS, na sigla em inglês) disse na última terça-feira, 4, que não pode prometer que os imigrantes indocumentados que estejam nos Estados Unidos não serão presos caso apresentarem para denunciar que foram vítimas de um crime ou ainda como testemunhas de um delito.

Os comentários do porta-voz do Departamento de Segurança Interna, David Lapan, em uma entrevista coletiva, despertaram a preocupação de autoridades locais sobre a atuação de agentes da Imigração que estão fazendo prisões em tribunais. Eles dizem que isso pode fazer com que algumas vítimas não denunciem crimes ou testemunhem em investigações.

Lapan disse que algumas vítimas e testemunhas são potencialmente imigrantes criminosos que podem representar uma ameaça para o país ou que tenham recebido ordem de deportação dos Estados Unidos antes.

Ele observou ainda que existem vistos especiais, conhecidos como vistos U, para imigrantes no país indocumentados que são vítimas de certos crimes, incluindo agressão sexual e violência doméstica. Dez mil desses vistos estão disponíveis anualmente.

Lapan também disse que as detenções de imigrantes em tribunais são necessárias porque algumas jurisdições não cooperarão com pedidos para alertar o governo federal antes de imigrantes potencialmente deportáveis serem libertados da prisão ou detidos por tempo suficiente para os agentes ICE levá-los à custódia federal.

O secretário de Segurança Interna, John Kelly, e o procurador-geral, Jeff Sessions, também defenderam a prática em uma carta no mês passado ao presidente do Supremo Tribunal da Califórnia. “Porque os visitantes do tribunal são tipicamente selecionados na entrada para procurar armas e outros contrabando, os riscos de segurança para prender oficiais e pessoas presas são substancialmente diminuídos”, escreveram Kelly e Sessions.

Alguns oficiais locais já estão atribuindo uma queda nos crimes relatados à repressão do presidente Donald Trump contra a imigração ilegal. O chefe de polícia de Los Angeles, Charlie Beck, disse no mês passado que sua cidade viu uma diminuição de 25% no número de agressões sexuais relatadas pelos latinos que vivem na cidade e uma queda de cerca de 10% no número de casos de violência doméstica desde que Trump tomou posse .

COMPARTILHE

Com informações da 7News.

POSTAGEM: SANDRA SERAFIM

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free