Em novo box, Guns N’ Roses exclui música que critica imigrantes e homossexuais

“One in a Million” foi a única canção deixada de fora da compilação comemorativa

Os ares de renovação parecem ter chegado para uma banda de rock dos anos 1980. Ao lançar a edição de luxo de Appetite for Destruction — Locked N’ Loaded, primeiro álbum dos Guns N´Rose que completou 30 anos em 2017, a banda exclui a canção One in a Million. A letra traz um trecho considerado desrespeitoso a homossexuais e imigrantes que buscam uma nova vida nos Estados Unidos.

One in a Million aparece, na verdade, no segundo disco da banda, um EP intitulado G N’ R Lies, de 1988. O box comemorativo lançado na sexta-feira (4) reúne cinco CDs, sete LPs e sete singles. A única música do Lies que não aparece na compilação é justamente One in a Million. A canção nunca escapou de críticas.

“Imigrantes e bichas/ Eles não fazem sentido para mim/ Eles vêm para o nosso país/ E pensam que vão fazer o que quiserem/ Como começar um mini Irã/ Ou espalhar uma maldita doença/ Eles falam de tantas maneiras/ Tudo parece grego para mim”, diz a letra.

Autor da música, Axl Rose chegou a dizer que estava em um momento delicado quando escreveu a letra. No encarte do EP, há um texto que se adianta à controvérsia: “Esta música é muito simples e extremamente genérica. Minhas desculpas se ofender alguém”, diz.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free