Agentes da Patrulha de Fronteira prendem imigrante condenado por crimes sexuais

Os agentes da Patrulha da Fronteira do Setor de Tucson no Arizona, prenderam um agressor sexual que havia sido deportado anteriormente. A prisão aconteceu na tarde desta quarta-feira, dia 06, e ele tentava reentrar novamente nos Estados Unidos.

Os agentes que trabalham em uma área remota disseram que encontraram três cidadãos mexicanos, ilegalmente em solo estadunidense, e os transportaram para o escritório da Patrulha de Fronteira para serem processados e deportados.

Ao processar um dos imigrantes, identificado como Alex Luna-Hernandez, 29, os agentes descobriram que ele foi condenado em Santa Bárbara, Califórnia, em 2015, por “atentado ao pudor e atos lascivos com uma criança com menos de 14 anos de idade”.

Luna foi deportado dos EUA vários anos antes, depois de ter sido declarado culpado de “agressão em segundo grau com intenção de causar lesões físicas graves”, no Condado de Kings, Nova York.

Ele está atualmente sob custódia federal a espera de um julgamento criminal por violações das leis de imigração. Os outros dois indivíduos também estão sendo processados ​​para violações da imigração.

Todos os imigrantes detidos pela Patrulha da Fronteira passam por verificações de histórico criminal usando biometria para garantir que aqueles com histórico criminal sejam identificados de forma positiva.

Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free