Redação_ EUA – Michelle Carter será sentenciada amanhã (3) quinta-feira, no caso de encorajamento de suicídio de seu namorado em Massachusetts

Michelle Carter, a mulher de Plainville considerada culpada de homicídio involuntário quando encorajou seu namorado a se matar em 2014, será sentenciada nesta quinta-feira (3).

Um juiz descobriu que Carter, de 20 anos, foi culpado de homicídio involuntário em 16 de junho, afirmando que pressionar ou encorajar alguém em suicídio pode ser considerado homicídio em  Massachusetts.

Um julgamento amplamente coberto sobre a morte suicida de Conrad Roy revelou milhares de mensagens de texto entre Carter e Roy, seu namorado.

A escola secundária e os amigos  de Michelle Carter testemunharam hoje (02)de manhã o que ela disse:  “ estava no telefone com Conrad Roy quando ele se matou”

Algumas das evidências mais convincentes no caso eram textos em que Carter explicitamente disse a Roy para seguir com seu plano de suicídio, preenchendo a cabine de sua caminhonete com monóxido de carbono e usando uma bomba de água a gás.

Ao emitir o veredicto há vários meses, o juiz Lawrence Moniz disse que Carter tinha a obrigação legal de pedir ajuda quando percebeu que Roy estava em perigo, mas “admitiu em textos subseqüentes que ela não fez nada”.

Nesta quinta-feira, 3 de agosto, na Corte de Julgamento de Taunton/MA,  Michelle Carter receberá sentença por sua condenação. Ela pode enfrentar até 20 anos de prisão.

A família de Conrad Roy  planeja falar nesta quinta-feira na sentença. A tia de Roy, Kim Bozzi, forneceu  uma declaração que planeja ler, o que pede que Carter receba 20 anos de prisão.

  • COMPARTILHE
  • REDAÇÃO: SANDRA SERAFIM/JORNALNEGOCIOFECHADOUSA.COM
Compartilhar:

0 Comentário(s)

Deixar Comentário

Login

Bem-vindo! Faça o login na sua conta

Lembrar-me Perdeu a senha?

Lost Password

yoast seo premium free